Copy
Fevereiro 2016
         
Após um pequeno intervalo de reflexão e renovação de esperanças para mais um ano que se inicia, nossa equipe traz de volta o boletim com todas as informações e novidades que acontecem no dia-dia da Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFPE. 

Ações, eventos e muito diálogo universidade - comunidade estarão como sempre no foco de nosso trabalho, que aborda o que a atividade extensionista tem feito para colaborar na formação de graduandos mais humanos e em sincronia com a sociedade.

2015 foi um ano repleto de desafios e alegrias para todos nós, e 2016 promete muito mais. Contamos com você para colaborar e nos acompanhar em mais uma jornada!
ACONTECE

Curricularização da Extensão em debate na Semana Pedagógica

                       

Entre os dias 29 de fevereiro e 4 de março, a Proacad realizará a Semana Formação e Planejamento Docente, no auditório do CCSA no turno da manhã, e no CIN/CCEN no turno da tarde. O evento, que será direcionado a professores, terá por objetivo promover a elaboração e desenvolvimento de conhecimentos vivenciais em práticas pedagógicas inovadoras, focando em processos de gestão acadêmica e ações docentes em sala de aula.

Dentre as atividades programadas, estará incluída uma palestra da Pró-reitora de Extensão e Cultura, Christina Nunes, sobre a Curricularização da Extensão, que será complementada com a divisão dos professores presentes em pequenos grupos, para que discutam formas de inserir a extensão em seus PPCs (Projetos Políticos dos Cursos).

O tema da palestra a ser realizada por Christina Nunes é abordado periodicamente durante as reuniões do GT de curricularização. Com o início da Semana Formação e Planejamento Docente se aproximando, os encontros do GT têm se intensificado, e vêm acontecendo com maior frequência em prol do fortalecimento da organização do evento.

Mais informações:
Proacad

http://migre.me/t107V
(81) 2126.8105 / 8114

Curso de Elaboração de Projetos Culturais para o FUNCULTURA

       


Por Talles Colatino
 
Para instrumentalizar a comunidade acadêmica da UFPE à submissão de projetos culturais ao Edital do FUNCULTURA 2015-2016, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), através da Diretoria de Cultura da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (ProExC), e em parceria com a Orbe Coworking, promoverá um curso de Elaboração de Projetos Culturais. A oficina acontecerá entre os dias 22 e 26 de fevereiro, das 13h às 17h, no Memorial Denis Bernardes, na Biblioteca Central da UFPE, Campus Recife. Os professores, técnicos administrativos e estudantes da UFPE interessados têm o prazo de 29 de janeiro a 22 de fevereiro de 2016 para realizar a sua inscrição, ao valor de uma taxa de R$100,00 (cem reais), diretamente com a organização parceira, no link http://www.eventick.com.br/curso-funcultura-proexc-ufpe, que também fornecerá o material do curso.

Sob a facilitação do ex-estudante da UFPE e designer Ticiano Arraes, o curso tem foco no edital do Funcultura Geral, do Governo do Estado de Pernambuco, cujas bases servem como suporte para o mecanismo de outros editais voltados para a cultura, como os da Funarte, Caixa Cultural, Centro Cultural Correios, entre outros.

Na visão de Ticiano Arraes, o curso propõe que “os participantes adquiram o conhecimento necessário para a elaboração de suas propostas, passando por todas as etapas de desenvolvimento das mesmas”. O curso também oferece conhecimento sobre os regulamentos, leis, mecanismos de incentivo existentes, gestão e prestação de contas de projetos culturais. O curso inclui ainda a apresentação de projetos reais, aprovados em diversos editais e o incentivo à participação ativa dos alunos na construção dos seus projetos individuais.

O curso, com o total de 20 horas/aula, terá início logo após a confirmação de suas vagas preenchidas, com o mínimo de 30 participantes e o máximo de 40. Caso o quórum mínimo não seja atingido, o valor pago pelos inscritos será devolvido integralmente. Aos que tiverem uma participação de 75% de frequência das aulas será concedido um certificado emitido pela UFPE.

INSTRUTOR

Ticiano Arraes é bacharel em Desenho Industrial – Projeto do Produto pela UFPE, e possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Designer, produtor cultural e sócio-fundador da Orbe Coworking, atua diretamente, desde 2009, na elaboração, produção e gestão de projetos em parceria com profissionais das mais variadas áreas, tendo participado de mais de 40 projetos aprovados em diferentes editais, locais e nacionais, a exemplo do Funcultura, Centro Cultural Correios e Lei Rouanet.

 

Projeto de extensão da UFPE abre vagas para pré-Enem gratuito

 
O projeto "Vestibular Cidadão", vinculado à Faculdade de Direito do Recife e integrado por alunos de outros cursos da UFPE, abriu vagas para seu pré-Enem gratuito neste mês. As matrículas devem ser feitas dos dias 22 de fevereiro a 04 de março, junto com o pagamento de uma taxa de inscrição de R$10,00.

Reconhecido pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFPE, o Vestibular Cidadão oferece 200 vagas para seu processo seletivo de 2016. Para participar, o candidato precisa estar cursando ou ter concluído o 3º ano do ensino médio em uma escola pública, ou então ser ex-bolsista integral do 3º ano do ensino médio em uma escola particular.

As aulas acontecerão de segunda à sexta das 13h às 18h15, e nos sábados das 8h às 13h15, iniciando-se no dia 21 de março e se estendendo até a data da realização da prova do Enem (tradicionalmente em outubro).


Mais informações:
https://www.facebook.com/vestibularcidadaoufpe/

Documentarista Joel Pizzini ministra oficina no Centro Cultural Benfica

             

Por Talles Colatino
 
O cineasta e documentarista carioca Joel Pizzini, autor de filmes premiados como “Enigma de um dia” e “500 almas”, estará entre os dias 17 e 19 de fevereiro, no Centro Cultural Benfica, da Universidade Federal de Pernambuco, para realizar a oficina “Filmes de montagem: o uso da imagem de arquivo na construção do discurso audiovisual”. O curso é gratuito e acontecerá sempre das 18h às 22h.

O curso pretende examinar os critérios e potencialidades do uso do chamado “material de arquivo" na elaboração de um discurso audiovisual. Através de uma seleção de clássicos e filmes contemporâneos que lançam mão de imagens de arquivo não só para ilustrar fatos históricos, mas, sobretudo, ressignificar acontecimentos cristalizados ao longo do tempo, Pizzini busca fazer com que o aluno experimente novos sentidos na utilização de imagens “de época”.

Na visão do cineasta, a dinâmica estimula o exercício de interpretação, análise e aplicação de materiais aparentemente datados que geralmente são aproveitados de forma autômato e impessoal na montagem de documentários e mesmo em filmes de ficção. Os limites entre as imagens ficcionais e não-ficcionais guiam a abordagem teórica da oficina.

Por meio de exercícios, análise da imagem, leitura comparada e apreciação da matéria fílmica, o aluno poderá ampliar seu campo de percepção e pode assim recorrer com mais propriedade à imagens aparentemente esvaziadas de significados. Aspectos como intervenção gráfica, reenquadramentos e utilização de recursos de pós-produção na finalização da obra, serão focalizados afim de que o usuário possa potencializar ao máximo o material que dispõe na hora de articular a montagem de seu trabalho. O curso é voltado tanto para cineastas e profissionais de vídeo, quanto para o público geral interessado em cinema.

Entre os filmes analisados por Joel Pizzini na oficina, estão "O Poder dos Sentimentos" de Alexander Kluge; "Noite e Neblina" de Alain Resnais; "Zelig" de Woody Allen; "História do Brasil" de Glauber Rocha; e "Arquitetura da Destruição" de Peter Cohen.

Na sexta-feira (19), último dia da oficina, Pizzini exibe o seu “Olho Nu”, que narra a trajetória do cantor Ney Matogrosso a partir das imagens de arquivo guardadas pelo artista ao longo de sua carreira.

Os interessados em se inscrever na oficina devem mandar email para o endereço cultura@ufpe.br, com nome completo e RG. As vagas limitadas.


SERVIÇO

Oficina “Filmes de montagem: o uso da imagem de arquivo na construção do discurso audiovisual”, por Joel Pizzini

Quando: de 17 a 19 de fevereiro, das 18h às 22h
Onde: Centro Cultural Benfica (Rua Benfica, 157, Madalena)
Informações: 997076184

Workshop de realinhamento do Centro Cultural Benfica


Tendo em vista a discussão de novas propostas, ideias e impressões sobre a missão do Centro Cultural Benfica, espaço extensionista da UFPE, será promovido um workshop de realinhamento das definições acerca do trabalho e perspectivas sobre o centro. Sob orientação do professor Ney Dantas, do departamento de Arquitetura e Urbanismo e Programa de Pós-Graduação em Design, o encontro ocorrerá no dia 19 de fevereiro, das 8h às 17h, no auditório da CECINE, Campus Recife. 

 

Projeto "Saber Envelhecer Bem" abre matrículas para 2016

             

O Espaço Cultural Benfica, em parceria com a PROExC, abriu matrículas para o Projeto “Saber Envelhecer Bem”, uma iniciativa que realiza ações educativas e socioculturais voltadas para o público idoso acima de 60 anos. Este ano, as inscrições aconteceram no dia 17 de fevereiro, e no total foram ofertadas 50 vagas. 

A proposta do projeto é promover atividades diversas que façam com que os idosos reflitam sobre a arte de envelhecer bem, incentivando-os a praticar o autoconhecimento e a levantarem questionamentos construtivos sobre a sua realidade, despertando, assim, uma profunda consciência de si, que os levará a uma maior plenitude, saúde, alegria e qualidade de vida.

Durante o curso, essa melhora de vida na terceira idade é estimulada através de aulas, debates, entrevistas, palestras, dinâmicas, mostra de vídeo e cinema, grupo de meditação, lazer e entretenimentos. A iniciativa vem acontecendo há cinco anos, e em 2016, será composta por três ações básicas: aulas do Grupo “Saber Envelhecer Bem”, Grupo de Meditação e Grupo de Lazer e Entretenimento. As atividades do projeto terão início em março.

Projeto Além das Grades aborda atuação jurídica humanizada no ambiente carcerário

                       
                                          Imagem: bgottsab via Visualhunt.com / CC BY-NC

Criado em dezembro de 2012 na Faculdade de Direito do Recife, o projeto Além das Grades continua em plena atividade nestes primeiros meses de 2016. Com o objetivo de romper as barreiras entre vida acadêmica e compromisso com a justiça social, o projeto leva estudantes de direito da UFPE e da UniNassau para a dentro do ambiente carcerário, onde eles buscam compreender a realidade daqueles que foram marginalizados pelo sistema penitenciário brasileiro.

Coordenado pela docente Cristiniana Cavalcanti Freire, o Além das Grades enfoca a importância de uma atuação jurídica humanizada no meio criminal, rompendo com preconceitos e estigmas que envolvem as pessoas encarceradas, e também facilitando o acesso à justiça através do diálogo entre Estado e população. Os membros do projeto prestam assistência jurídica aos detentos que não possuem condições financeiras, e começam este ano atuando na Colônia Penal Feminina do Bom Pastor, onde já conseguiram a liberdade de pelo menos três detentas em situação de exclusão social.

Paralelo ao trabalho direto com os detentos, o Além das Grades ainda promove seminários, intervenções políticas/artísticas e cine-debates dentro da faculdade, a fim de chamar a atenção da comunidade acadêmica para a questão carcerária. Dentre estes eventos, está a Semana de Estudos em Criminologia e Direitos Humanos, que teve sua terceira edição realizada em dezembro de 2015 em parceria com outro projeto de extensão da UFPE, o Núcleo de Assessoria Jurídica Popular (Najup).

 

Memorial de Medicina promove exposição em homenagem aos seus 20 anos
 
 
Em homenagem aos 20 anos do Memorial de Medicina de Pernambuco, surge a mostra “Memorial 20 anos: Patrimônio da Medicina em Pernambuco”, que explora a história do centro até 2015.

A exposição está localizada no hall do prédio da instituição, que fica no antigo prédio da Faculdade de Medicina do Recife, no bairro do Derby. A mostra é aberta ao público, e pode ser conferida de segunda a sábado, das 8h às 20h. 

A ideia é que a exposição se torne permanente no centro, atualizando-se a cada ano e permitindo aos visitantes um mergulho na trajetória do espaço desde seu fundamento como Memorial.
ACONTECEU
                      
UFPE apoia o Dia Nacional de Combate ao Aedes   
             
            

A UFPE, representada pela Pró-reitora de Extensão e Cultura, Christina Nunes, e pela Diretora de Extensão da PROExC, Juliana Oliveira, recebeu, no último sábado dia 13 de fevereiro, militares que participaram do Dia Nacional de Combate ao Aedes e que tiveram como área de atuação a Cidade Universitária.

O grupo, liderado pelo tenente Urach, teve como ponto de apoio o Centro de Convenções da UFPE. A operação ocorreu das 8h às 16h e contou com o apoio da equipe de segurança da SSI, da Superintendência de Infraestrutura, da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, da Diretoria do CECON e do Gabinete do Reitor.

Mais informações sobre a campanha nacional: 

www.combateaedes.saude.gov.br

"Dia da Faxina" no Campus Recife

                

Na sexta-feira, 29 de janeiro, a UFPE promoveu o "Dia da Faxina" no Campus Recife, que consistiu numa busca por focos do mosquito Aedes aegypti pelos centros da universidade.

A atividade ocorreu a partir de recomendação do Governo Federal, que orientou todas as universidades do país a desenvolverem no dia 29 um momento de alerta e esclarecimentos sobre os cuidados e prevenções que se devem tomar quando o assunto é esse perigoso mosquito. Tal orientação faz parte de um movimento maior que inclui todos os órgão e prédios da administração pública federal.

A ação contou com a participação da reitora em exercício, Florisbela Campos, a pró-reitora de extensão e cultura, Christina Nunes, a diretora de extensão, Juliana Oliveira e colaboradores da prefeitura da Cidade Universitária e da manutenção dos prédios da UFPE, senhores Sebastião de Melo e Samuel Gomes Lopes, respectivamente. Os envolvidos caminharam por todo o Campus Recife localizando possíveis focos do inseto atualmente transmissor da Dengue, ChiKungunya e do vírus Zika.

 

          

Mais informações sobre a campanha nacional: 

www.combateaedes.saude.gov.br

Reunião do GT de Curricularização acontece na Pró-reitoria
de Extensão e Cultura


         

No dia 3 de fevereiro, mais uma vez o Grupo de Trabalho pela Curricularização da Extensão realizou um encontro para discutir o processo de inclusão da atividade extensionista na graduação de forma cada vez mais significativa.

O grupo se reúne há um ano e meio, com o objetivo de buscar formas de implementar o Plano Nacional de Educação – PNE (Lei nº 13.005) na UFPE. Aprovado em 25 de junho 2014, o PNE determina que as universidades assegurem que, no mínimo, 10% da carga horária necessária para a graduação de todos os cursos seja dedicada à extensão, com um prazo máximo de 10 anos para o ajuste curricular.

Na última reunião, estavam presentes a Pró-reitora de Extensão e Cultura, Christina Nunes, com suas assessoras Djanyse Mendonça e Flávia Campos, a diretora de extensão Juliana Oliveira, o coordenador do grupo e de extensão do CFCH, Ricardo Medeiros, a professora e coordenadora de extensão do CAC, Maria Aída Barroso e o técnico administrativo e educacional da Proacad, Lenivaldo de Oliveira Júnior.

Comitê de cultura da UFPE delibera as atividades em 2016

              
 
A primeira reunião do ano do Comitê Curador de Cultura da UFPE aconteceu dia 28 de janeiro, e trouxe consigo propostas de extrema relevância para os novos rumos que a atividade cultural tomará dentro da universidade.

A Diretoria de Cultura realiza reuniões periódicas com o Comitê Curador de Cultura da UFPE, para discutir pautas sobre a dinâmica cultural no ambiente acadêmico. A primeira reunião do ano com Comitê aconteceu dia 28 de janeiro, no Centro de Convenções da UFPE e trouxe consigo propostas de extrema relevância para os novos rumos que a atividade cultural tomará dentro da universidade. Estavam presentes o presidente e diretor de cultura, Profº Marcos Galindo, a Pró-reitora de Extensão e Cultura, Christina Nunes, o produtor cultural, Talles Colatino e membros do Comitê Curador de Cultura.


           

O ponto crucial da reunião foi a proposta de criação da Oficina de Elaboração de Projetos Culturais para o FUNCULTURA, que foi extensamente debatida e então aprovada pelo comitê. 

Um segundo tópico que também tomou o centro do debate foi o planejamento da criação de um "banco de dados cultural" para a universidade. Basicamente, discutiram-se ideias e propostas sobre como mapear as ações culturais desenvolvidas na UFPE que não são instrumentalizadas oficialmente pela Diretoria. 

Por fim, à convite de Marcos Galindo, a professora Maria Aída Barroso complementou a reunião com a apresentação dos seus programas culturais no Departamento de Música, mostrando o quanto os seus projetos se desenvolveram através do apoio da Diretoria. Um corpo de ópera e uma orquestra sinfônica são alguns dos elementos que compõem o programa do departamento, que é visto pelo comitê como um dos mais fortes da UFPE.

NACE, NTI e Pró-reitorias discutem atualização cadastral e identificação das pessoas com deficiência e necessidades específicas na UFPE

                         
 
O Núcleo de Acessibilidade, o Núcleo de Tecnologia da Informação e as Pró-Reitorias da Universidade Federal de Pernambuco reuniram-se, no dia 03 de fevereiro de 2016, no auditório do Núcleo de Atenção à Saúde do Estudante, para discutir a necessidade da atualização cadastral e da identificação das pessoas com deficiência e necessidades específicas na UFPE.
Algumas sugestões foram levantadas sobre quando e como seria a melhor forma de cadastrar estudantes e servidores com necessidades especiais.

       
 
Participaram da reunião: Adriana Di Donato Chaves, coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da UFPE, Teresa Ludermir (PROPESQ), Ernani Nunes Ribeiro (NACE Setorial CAV), Wilza Estrella (NACE), Ianara Almeida (NACE Setorial CAA), Ana Karina Lira (NACE), Domingos Mendes (NTI), Marlos Ribeiro (NTI), Renato Mendes (NTI), Bárbara Cristina Alves (NACE), Simone Germano (PROExC), Juliana Souza Oliveira (PROExC), Paulo André da Silva (PROACAD), Rodrigo Farias (NACE) e Rute Souza (PROGEPE).

Mais informações:
NACE
(81) 2126-8439 
http://migre.me/t10TY

Sete projetos de extensão foram premiados no I ENExC

 
 
No final de Novembro de 2015, o 1º Encontro Nacional de Extensão e Cultura (I ENExC/XV ENEXT) abriu espaço para a apresentação de diversos programas e projetos, realizados com o auxílio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROExC) ao longo do ano. Os Centros de Educação (CE) e o Núcleo Integrado de Atividades de Ensino (Niate/ CFCH – CCSA) da UFPE deram lugar a tais apresentações, que foram sujeitas a uma seleção para o recebimento de Menção Honrosa.

A banca avaliadora selecionou trabalhos em sete áreas da extensão, e apenas a temática de Direitos Humanos e Justiça não teve projetos indicados.

A comissão premiou, na área da Educação, o projeto "O uso do lúdico no ensino na educação em saúde: a experiência do projeto 'Cavinho: projetando o futuro'", do Centro Acadêmico de Vitória de Santo Antão (CAV), e na área da Saúde, o "Planejamento estratégico participativo: qualidade dos serviços e das ações de atenção básica à saúde materno infantil, Vitória de Santo Antão – PE", elaborado no mesmo centro. Na categoria Meio Ambiente, o vencedor foi um trabalho intutilado "Criação e aplicação da metodologia G5 Ambiental no Projeto Amigos do Meio Ambiente", realizado no Centro Acadêmico do Agreste (CAA).

Na área da Tecnologia e Produção, o vencedor foi o projeto "Análise da Cartilha Digital Saber na Melhor Idade - Saúde do Idoso e Inclusão Digital", e na área da Cultura foi o "Inventário e divulgação do patrimônio fossilífero de Exu, Araripe Pernambucano", ambos do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG). Ainda no campus Recife, tivemos o vencedor da categoria Trabalho, que foi o projeto "Resultados e perspectivas quanto à sensibilização para o turismo na Ilha de Itamaracá-PE", do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA); e também da Comunicação, que foi o "Gaveta de letras: blog colaborativo de criação literária", do Centro de Artes e Comunicação (CAC).

O I ENExC também integrou e relembrou os conhecimentos desenvolvidos durante os 15 anos de história da atividade extensionista na UFPE, através de palestras e mesas redondas que criaram oportunidades de diálogo e troca de saberes entre docentes, técnicos, estudantes e comunidade.
  Participe do Notícias da PROExC

Tem sugestões de notícias sobre a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e quer compartilhar? Entre em contato através do e-mail proext.bureaudesign@ufpe.br.


   Fillipe 23/02
   Rebeca 24/02
   Talles 25/02
   Paloma 25/02

   Anna Rebecca 29/02
Facebook
Email
Twitter

Coordenação: Simone Germano
Colaboração: Ademara Thalyta, Clarissa Santos,
Michelle Bittencourt, Natalia Abdon e Vanessa Martins